sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Cecília Meireles e o haicai

Beija-flor/Google












Pretendo ser breve, mas sem deixar lacunas no texto. Nossos maiores expoentes no haicai, a sutil e inteligente arte poética japonesa que ganhou o mundo deve ser apreciada com olhos e corações abertos.
Sem qualquer julgamento de quem entende ou não o haicai, diria que Paulo Leminski, Guilherme de Almeida e Cecília Meireles compreenderam muito bem o seu significado.
Vou fixar-me em Cecília. No seu antológico Escolha o seu sonho, ela aborda o assunto com profundidade e delicadeza, qualidades que a caracterizam.
No seu texto “O ‘divino’ Bachô” nossa autora mostra a sua inteira compreensão do haicai.
Afirma textualmente que o haicai, nas mãos de mestres, torna-se uma preciosidade: “É um engano tomá-lo apenas pelo aspecto superficial: precisa-se penetrar na intimidade da sua significação.”
Sabedora que o haicai e o tanca trazem a mais autêntica forma da expressão poética, que não necessita de título, pontuação ou rima, embora esta quando devidamente feita enriqueça o poema, Cecília dá um exemplo de Bashô, considerado o mestre do haicai.
Um discípulo seu teria escrito
“Uma libélula rubra.
Tirai-lhe as asas:
uma pimenta.”
Mestre Bashô corrigiu o haicai.
“Uma pimenta.
Colocai-lhe asas:
uma libélula rubra.”

Uma diferença grande! Cecília entende como um símbolo de compaixão, como “uma luz que não se apaga, e até se vê melhor – porque vastas e assustadoras são as trevas dos nossos dias.”

4 comentários:

Pedro Jorge disse...

Excelente, Jorge. Vc conseguiu, usando texto seu amparado em Cecília, transmitir o que é um haicai, sutileza pura!

Ana Átman disse...

Jorge, vc é mesmo o autor do capitão Callado, o Coisa Ruim?. Não parece, ou realmente sua imaginação é muito grande.
Muito bom.

Sandra Waihrich Tatit disse...

Jorge, querido amigo e colega, somente agora, ao visitar teu blog, vejo que és também advogado, somos colegas de profissão,isto me faz mais alegre ainda,parabéns pelo blog, cheguei aqui por acaso,já sou tua seguidora! Cecília Meireles , para mim é algo mais , adoro-a . Um grande abraço,tua amiga, Sandra

Juarez disse...

Lembrei de Cecília e o haikai e, ao procurar na net, encontrei mais do que isso, obrigado!