quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Pianista

Pianista


















Parece incrível, mas a verdade é que surgiu no mundo novo virtuose no piano que surpreende a todos.
Segundo a tradição dos mestres, o maior pianista do mundo foi Lizt, que além de entusiasmar platéias, encantou como um grande compositor.
Nobuyki Tsujii, jovem pianista, cego de nascimento, ganhou um piano de brinquedo aos dois anos, não parou de tocar até que ainda menino mostrou o que podia fazer. Com doze anos de idade deu um concerto no Carnegie Hall, o templo sagrado da música.
Agora, de acordo com a mesma tradição entre conhecedores profundos da música erudita, Nobuyki teria superado Lizt, interpretando uma das suas composições mais difíceis, “La Campanella”.


18 comentários:

Chica disse...

lINDO ISSO,ESSAS COISAS EMOCIONAM!ABRAÇOS,CHICA

Gil Façanha disse...

Isso sim, é o tipo de coisa que vale a pena ver. Impressionada! Post de excelente bom gosto. Parabéns Jorge.

Rita Lavoyer disse...

Prova de superação, Jorge!
Superação: o que falta em muitos normais.
Abraço
Rita

Aline Patrícia disse...

Que talento! É de encher os olhos e a alma... E deixar muito em quê pensar, visto que muitas vezes somos egoístas ou nos falta de coragem para a dedicação a algo que queiramos. Nesse percurso, muito perdemos sem nos dar conta e, pior ainda, só depois que percebemos o quanto nos limitamos por vontade própria. Belo exemplo!

Cheiros
Pati :)

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Maravilhoso. Bela lição de talento, determinação e superação. Valeu, Jorge.

Aline Capistrano disse...

Olá!
Esse post seu é um presente.
obrigada.

Abraço.

Caio Martins. disse...

Quando há vontade, determinação e garra, além de dom e talento, não há obstáculos intransponíveis. Párabéns pela postagem, Jorge.

Liège disse...

Impressionante!
Que talento e que sensibilidade!
Eu não conhecia esse pianista e alegrou-me escutá-lo tocar.
Apesar do acelerado crescimento, Niterói continua sendo uma cidade onde todo mundo se encontra, ou conhece um primo do amigo... Seria curioso, mas certamente agradável se nos encontrarmos na rua. Quem sabe...
Um abraço.

lino disse...

O que se consegue fazer quando há talento, oportunidade e vontade!
Abraço

Mariana disse...

Fascinante, merece bis.

Ana Maria Pupato disse...

Emocionante ver a superação de um ser humano com as dificuldades. Obrigada por compartilhar com os amigos tamanha beleza!
Beijos mil!!!

Michelle Nazar disse...

Post sensível sobre talento e fé em si mesmo! Sou fascinada por temas assim, amigo Jorge! Abraços e continue nos mostrando o melhor que agregastes com a vida e a cultura!!!! ;-)

cristinasiqueira disse...

Extraordinário!

Olhei para as mãos buscando acompanhar a meteórica velocidade dos dedos que voavam pelo teclado branco.Olhei para os olhos de um cego
e vi e ouvi a maravilhosa e hipnótica interpretação que me trouxe humanidade,enlevo.

Obrigada Jorge por este presente.

Espero sua visita.

Com carinho,


Cris

Pedro Jorge disse...

Magnífico!
Belo predente que deu a todos nós, Jorge.
Compartilhar é extamente isto.
Parabéns, ficou excelente.
Continue a nos presentear.
Abraços. Pedro

cristinasiqueira disse...

Oi Jorge,

Obrigada pela visita ao Blog da sacerdotisa e por seu gentil comentário.Gostaria muito que vc visitasse o
www.cristinasiqueira.blogspot.com,meu blog literário.
Beijos,


Cris

Ira Buscacio disse...

Jorge,

Fiquei absolutamente encantada, um virtuose.

A música salva.

BJ

Rede Sócio-Cultural Poetas e Escritores do Amor e da Paz disse...

O que mais impressiona é a expressão de "êxtase" desse rosto quase sem expressão, mas que se transforma enquanto as mãos passeiam de forma divinal pelas teclas do piano. Música de dificílima execução. Emocionante trabalho, Jorge! Parabéns!

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!

Nesta minha 1ª visita gostei do que li e ouvi, neste blog.

Saudações poéticas