sexta-feira, 8 de julho de 2011

Mas afinal, o que é um blog?


















Mas afinal, o que é um blog?

Esta é uma pergunta que muitos se fazem, os que têm ou não a sua página pessoal na internet.
Não sei quem inventou o blog. Mas ele hoje está espalhado pelo mundo, e instrumento de famosos e desconhecidos.
Mas o que é um blog?
Conceituar, ou mesmo rotular, não é fácil. Um blog, a princípio, nada mais é do que um depositário de idéias, memórias, planos e tantas outras atividades do homem.
O uso é diverso. Repetindo o que já foi dito, ele pode ser literário, como este, ou político, músico e por aí vamos. Acredito que ele é tanto melhor do que a opinião isolada, pois não pode existir blog sem crítica. Ela, quase sempre, é feita por outros participantes da comunidade, que é bastante grande. O diário pessoal acaba tornando-se público, acessa quem quiser, comenta quem bem entender.
É bastante democrático. Não segue as regras de imprensa escrita, não está sujeito à propaganda de produtos, e o mais importante, é grátis. Assim sendo, é ótimo. O povo diz, com razão, que grátis até um copo d’água sem gelo é bom, e mostra em qualquer ocasião favorável que está falando a verdade.
Como obter um blog de sucesso não é tarefa fácil. O povo, seja de onde for, não se interessa por música medieval, por exemplo. Mas adora futebol. Donde tiramos nossa primeira conclusão: quanto mais for popular o seu assunto, mais será lido e comentado. A atitude é normal, não se pode exigir que o homem comum conheça Vivaldi.
Interessante notar a sua evolução. Começa como uma brincadeira, talvez, mas vai ganhando força até que se transforma, para o seu criador e leitores em peça séria e cultivada com carinho.
Dizem, e eu acredito, que pelos blogues se conhece o autor.
Só isto, mais nada. Por enquanto.

13 comentários:

Mari Amorim disse...

Olá,
e quando derrepente,desaparece sem explicação,sentimos uma sensação inexplicável.Aconteceu comigo..
Boas energias,amigo Jorge!!
Mari

Rita Lavoyer disse...

Pois é, meu caro blogueiro especial.

Aqui em Araçatuba tem até a "Cia dos blogueiros".

Convido-o a participar, apresentar ali o seu potencial.

Muito me honraria se aceitasse o meu convite, e igualmente aos seus fiéis leitores.o endereço é este:

www.ciadosblogueiros.blogspot.com

Eu os estarei aguardando, amigos virtuais.

Grande abraço blogal da Rita Lavoyer - membro da Cia dos blogueiros.

Mardilê Friedrich Fabre disse...

Também já me fiz esta pergunta, principalmente antes de fazer o meu (www.fremitosdaalma.blogspot.com/).Este texto me leva a pensar de novo sobre o assunto. O que é um blog? Cheguei a minha conclusão: é uma ferramenta que usamos para tensmitir o nosso pensamento, e cada blogueiro utiliza sua maneira peculiar de fazê-lo. Abrs. Mardilê

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Jorge,
A gratuidade e a facilidade com que se cria um blog torna-o extremamente democrático, pulverizando a audiência na net. Assim, quem tem um blog com milhares de visitas diárias é um senhor vencedor - a menos que seja figura já famosa ou algum apaniguado dos grandes meios de comunicação. Bom texto, Jorge, que nos faz refletir sobre esta ferramenta que compartilhamos. Abraços.

Caio Martins disse...

É vero, Jorge... Lembro-me bem do dia em que você me mandou um link em outubro de 2008, e rimos muito do desastre que estava inventando e da encrenca em se metia. Foi o "Cachaça de Pote", que ainda está lá: (http://www.cachacadepote.blogger.com.br/
Foi parada dura voltar ao html, aprender a lidar com a ferramenta, encontrar o canto certo e manter a peteca voando.
Coisa para a meninada, mas os dinossauros também amam, e lá se vão três anos de muito trabalho e quebradeira de cabeça. E muito prazer, também.
A sua brincadeira virou, realmente, coisa séria, e é uma honra tê-lo como parceiro pelas madrugadas, dias e noites da vida. Vida longa, meu compadre!

lino disse...

Para saber a origem da palavra, que um autor apelidou de "weblog" e, mais tarde, outro transformou, por brincadeira, em "We blog", basta consultar aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Blog

Forte abraço

Espelho disse...

Seja o que for weblog, we blog e hoje Blog é um mecanismo utilíssimo para nos dizer muito prazer: eu sou cronista, sou jornalista, sou consultor,sou poeta, sou cantor, não sou nada, apenas expresso a minha emoção em forma de versos... E isto eu já fazia há muito tempo e pagava uma página muito cara para passar o que ainda hoje eu passo, os 'de mim micro pedaços'... E, hoje faço sem nada pagar é de graça e tendo pessoas brilhantes para comentar.
Somente tenho a agradecer ao inventor, e sei quem foram os responsáveis por esta prenda a nos oferecer, os Seres fora desta Galáxia,pois precisávamos repassar a mudança da Natureza e Eles abriram portais por todo este Universo. E foi aí que alargou a informação maior. Pois, tenho contato com todo o globo e faço com muito gosto e consciência!
Como sempre mestre Jorge, seus assuntos são muito bons!
Um abraço
Mel

Ana Maria Pupato disse...

Sua última colocação é perfeita que se conhece o autor pelo seu blog! Além de ser um espaço democrático. Ótima reflexão para quem ainda não entendeu o objetivo do mesmo.
Beijos mil!!!!!

petuninha disse...

Jorge!
Adorei a questão levantada. Excelente mesmo, se formos pensar sobre a quantidade de blogues existentes sobre assuntos bastantes diversos e a possibilidade de relacionamentos e troca de idëias.
Quem expõe as próprias idéias, sem dúvida que será analisado ou criticado, mas sempre foi assim, a diferença é a ampla comunicação que o blog oferece.
Sem dúvida que se conhece o dono do blog pelo que o mesmo expõe, concordo com vc.
Beijos da Petuninha.

Marcia disse...

Visito no máximo uns três..Tentei manter um mas desisti..Não sei se foi preguiça ou falta de assunto...bjus

Blogat disse...

Para mim, a hora do recreio.
( No momento meio atropelado pele Facebook...)
BJS

Drisph disse...

Olá Jorge!
A quanto tempo não nos falamos!
Jorge, o blog está sendo para mim, um canal de comunicação com veias, coração, sangue e sentimentos... Esta é a descrição do meu blog; um amigo, confidente, esconderijo, anjo da guarda...
Passe por lá, me diz, você tem livros publicados?

Márcia Sanchez Luz disse...

É, Jorge...os blogs devem ser encarados como coisa séria, principalmente aqueles em que seus autores se levam a sério - assim como aos seus leitores -, proporcionando a todos leituras agradáveis. Este é seu caso, com toda certeza.

Beijos

Márcia