terça-feira, 3 de junho de 2014

Demorou

   
 
            Quieto, dando poucas entrevistas e ainda escondido, o senador Aécio Neves foi o entrevistado de Roda Viva, em 2/6/2014.
            Pode expressar com clareza seus pontos de vista políticos, mesmo quando apertado por entrevistadores mais duros.
            Simpático, não deixou de responder a nenhuma pergunta, mesmo quando inquirido, com muita habilidade, se fazia uso de drogas.  Além de negar, afirmou ser contrário à legalização.
            Não se admite como que em país onde setenta por cento do povo quer mudar, a presidente conservadora se mantenha como favorita nas pesquisas eleitorais, uma contradição.  Custou, mas quando teve oportunidade, Aécio foi firme.  Não é possível que um neto de Tancredo Neves, duas vezes governador de Minas e atualmente senador da República fosse um pasmo.
            A formação popular veio de Getúlio Vargas, atualizada no tempo.  Ficou também claro que possui excelente equipe de conhecidos nomes nacionais, tendo sido citado o nome de Armínio Fraga.
            Cuide-se, Dilma.  Vai ser engolida e nem sabe como!
            Convenceu, senador.

13 comentários:

Rita Lavoyer disse...

Jorge, meu querido! Duro, mas tenho que aceitar que ele é o menos ruim no páreo à presidência, já que a "doninha" está péssima!

Vera Fracaroli disse...

Aécio querido, sabes o quanto és importante para nossa família, o vô já sabia que herdaria seu legado que deixou para ti honrosamente, homens de bem e boa conduta que tanto me orgulho!!!
Eis o exemplo que o Brasil precisa,
meu voto é certo e a vitória?
Torceremos. Abraços a São João Del Rei, saudades mil!

Manuela Mourão e Silva disse...

Tenho pouca experiencia na politica, mas considero-me pelos estudos e noticiários que Aécio Neves seria uma opção bem pensada.
Homem de grande respaldo politico e de grande chance de consertar este Brasil varonil, que está despencado de ponta a cabeça.
Vamos o eleger a vitória do nosso povo!!!
Abraço Jorge, adorei a postagem, como sempre acertando na mosca!

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Não vi o programa, mas estou ávido para assisti-lo no youtube - tamanhos os elogios à performance do entrevistado. Seu texto só reforçou minha curiosidade. Abraços, Jorge.

Marco Bastos disse...

O Brasil precisa resgatar para seus bons homens públicos os cargos que devem ocupar. A realidade atual requer bons gestores e políticos de envergadura. Precisamos ter estadistas e propostas de governo convincentes. Gostei muito das posições do Aécio nessa entrevista. abraços.

Caio Martins disse...

Grande Jorge, concordo com o seu "parecer". Educado, preparado, consciente, não ofendeu ninguém, não fez chicana e mostrou firmeza. Convenceu, sim. Forte abraço!

ॐ Shirley ॐ disse...

Não vi essa entrevista, Jorge, mas, nem a lógica de uma argumentação segura, me faz crer nas palavras dos candidatos à Presidência da República. Alguns até podem estar imbuídos de boas intenções, porém, sozinhos e ameaçados, nada podem fazer.
Amigo, pode parecer utopia, conto de fadas, contudo, acredito ser o Brasil, o país do futuro. Só não sei em que século do terceiro milênio, isso vai acontecer.
Jorge, beijo e muita paz!

Célia Rangel disse...

... ainda tenho IMENSAS dúvidas... Difícil decisão, até porque não é só para mim, mas por todos, e por um pais MARAVILHOSO, mas muito mal administrado...
Abraços.

Tais Luso disse...

Muito difícil votar, Jorge, a descrença é grande, total. Não demonstraram, no decorrer de anos, nem um tiquinho, como virar o jogo da corrupção, do desinteresse pelo povo, de servir ao coletivo. Muito pelo contrário. E o discurso é sempre maravilhoso.
Quando acreditei, me dei mal, milhões se deram mal. Assumo meu erro, mas foi por uma boa causa: a esperança.
Abraços!

Anderson Fabiano disse...

Jorjão, por mais que tenha voluntariamente dado as costas para esse negócio que chamam de política por aqui não consigo parar de me interessar por coisas que dão pistas da farsa.
Dia desses, vi uma pesquisa na Band, no mínimo, engraçada: Dilma "ganhava" nas pesquisas mas, quando se pesquisava a aprovação do governo dela, perdia. Vai entender...
Recentemente, quando ainda morava em Blumenau, vi uma pesquisa de boca de urna "afirmar" que haveria 2o turno entre um candidato um partido e o candidato do PT. Dois dias depois, um terceiro candidato ganhou em 1o turno. Quer saber, certo mesmo estava um professor meu nos tempos de faculdade Candido Mendes: "os números não mentem jamais, mas eles só podem ser escritos pelos homens que mentem pra cacete."
Meu carinho,
Anderson Fabiano

marcia disse...

Convenceu!Jorge, gostaria de ter seu otimismo...Vou esperar os acontecimentos...bjus

Carmem Velloso disse...

O povo vai votar certo, Jorge? Faço esta pergunta a mim mesma, o eleitor brasileiro não inspira confiança, embora seja verdadeiro que quer mudanças.
Pior do que está é impossível.
Beijos.
Carmem

M.C.L.M disse...

Jorge amigo, dia desses assisti uma entrevista do Aécio na Globo News, pena que não lembro o nome da Jornalista que o entrevistou, ele rápido e educado respondeu TODAS as perguntas e a fez gaguejar uma vez.
Não sou afiliada a nenhum partido político, não elegi este que aí está, tão pouco o anterior...
Eu era menina em MG quando o avô de Aécio visitou minha cidade, eu conheci o Tancredo Neves nos anos 80, e nada entendia de política, mas ouvia meu falecido pai só falar coisas boas do Tancredo. Se Aécio tiver em sua plataforma pelo menos 50% de intenção de fazer o que Tancredo não teve tempo pelo país, terá meu voto.

Abraço procê!