sábado, 13 de março de 2010

Lágrimas na rosa (tanca)

Rosa














Gota de sereno
que brilhando esplendorosa
lágrima na rosa!
Pois todo o campo chora
é quando desperta a aurora...

10 comentários:

Chica disse...

Que maravilhosa tua rosa e os versos lindos! abração,tudo de bom,chica

Silenciosamente ouvindo... disse...

Um verso apenas mas muita sensibilidade.
Saudações bloguistas/Irene

Pedro Jorge disse...

Conhecia. Tenho anotados os cinco mais bonitos tancas e o mesmo número de expressivos haicais, Jorge.
Você parece que na época queria fazer um minilivro sobre o assunto.
Fez? Bom domingo. Pedro

Caio Martins. disse...

Jorge, o mistério das rosas orvalhadas entreabrindo-se exige infinita sensibilidade e delicadeza em seu trato: parabéns pela "quadrinha" de cinco versos!

experimental disse...

Olá Jorge,
Gostei muito, do haikai e da fotografia!...
Bjs,
Nela

Mai disse...

É a vida a gotejar - o mistério das rosas e a beleza da poesia.
abraços

Márcia Sanchez Luz disse...

Jorge, é bom quando encontramos pessoas sensíveis, que fazem da vida e seus instantes Poesia.
Parabéns!

Beijos

Márcia

Pierre De Lune disse...

This image is particularly splendid, Jorge ! Congratulations !!! ;)

Maria Flor! disse...

Ah! Sempre as Rosas...
O que seria dos poetas sem elas?
Belissímo!
Meus aplausos.

Beijos

Simplesmente Malu! disse...

Como bem diz Ana Carolina: "Toda mulher gosta de rosas..."
Eu amei o seu haikai.
Bjks.