segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Morena (trova)














Toda vez que  aqui ela passa
Olhos mirando você,
ela está fazendo graça
só quem é cego não vê.

15 comentários:

Rita Lavoyer disse...

E pelo que vejo os seus olhos miraram muito bem a mina!
Menino,que coisa bonita, hein!

Simplesmente Malu! disse...

Oi Jorge,
Modelo bonita e trova também. Uma combinação perfeita!

Beijos.

Gil Façanha disse...

E sua vista anda boa, não?! rsrsr... bjs.

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Por falar em vista, vejo que o amigo também é ótimo na trova. Lavra inspiradíssima. Parabéns, Jorge.

Carla Diacov disse...

tarado do mar!


beijinho e feliz ano novo!

Mari Amorim disse...

Jorge,
Linda trova!
365 dias de poesia e luz!
Boas energias,
Mari

lino disse...

É isso mesmo, amigo Jorge! A propósito de comentários que deixou mo meu boteco, apesar de ter estudado português durante 13 anos com aulas diárias, a minha profissão é de economista e actuário. A poesia, principalmente a de língua portuguesa, é apenas um escape, assim como a filosofia.
Abraço

Caio Martins disse...

Jorge, mais que bons olhos, com um elemento raro da natureza, desse quilate, há que ter tato... E, Carla, é tarado do mar, não... Há que ver Vinícius, em "Receita de Mulher":
As muito feias que me perdoem
Mas beleza é fundamental. É preciso
Que haja qualquer coisa de flor em tudo isso (...). Jorge é sábio!
Abração, meus amigos!

Aline Patrícia disse...

Ah, essa morena...
tantas vezes cantada em prosa, verso e comentários cotidianos.
Vejo que tua trova segue assim como a "musa": cheia de graça,
despertando interesses e vontade de acompanhá-la...
Beijo

Pati*

Anônimo disse...

Jorge o que esceveu em sua trova é próprio de toda mulher.
Beleza é para ser cantada em versos e (trovas)
bjus.......

cristinasiqueira disse...

Oi Jorge,

Que morena linda,brasileiríssima!
E a trova delicada...

Beijos,

Cris

cristinasiqueira disse...

Oi Jorge,

Que morena linda,brasileiríssima!
E a trova delicada...e enquanto o poeta canta versos
por e para uma mulher o mundo esta salvo

Beijos,

Cris

Du disse...

A trova é boa, mas você não tem nada que ficar botando estas peladas aí.
Sou melhor que ela longe!

Beijos da Du.

Jorge Sader Filho disse...

Surgiu como meu seguidor Condorcet Aranha, escritor brasileiro recentemente falecido. Não sei como foi parar na minha lista de amigos, mas recebo com gosto e orgulho.
Quem o colocou lá tem seus motivos.

Abraços a todos, obrigado pela colaboração neste blog.

Jorge

Ana Maria Pupato disse...

Adorei ter reverenciado a morenice brasileira, já que por onde andamos só temos louras fabricadas seguindo a moda da mídia. Aaaaah, meu tempo de morena da Barra da Tijuca... Bateu uma nostalgia...
Beijos mil!!!