terça-feira, 5 de junho de 2012

Jogo roubado















Jogo roubado

Abriram suas cartas.
Um tinha três valetes e dois noves.
O outro, três damas e dois valetes.
Jogo roubado...

imagem: "Os jogadores de cartas", óleo/s/tela, Paul Cézanne, Museu D'Orsay, Paris

14 comentários:

Rita Lavoyer disse...

Jorge, você roubou-me a oportunidade de comentar. Sabe, eu não conheço nenhum jogo assim. Tenho dificuldades com isso.
Perdoe-me por favor!
Tenho certeza que quem entende dos signos que você utilizou vai amar a interpretação.
E eu vou voltar aqui só para ler o que eles vão comentar depois.

Já viu isso? Não decifrar as figuras das cartas de baralho?
Pois é, eu!
Prazer, Rita!

Carmem Velloso disse...

O jogo de pôquer blefado e roubado é o mais comum no Brasil, desde que foi descoberto.
Poucas linhas e você disse tudo.
Este Cézanne é lindo, Jorge!

Bjs. Carmem

Espelho disse...

Lindo quadro a óleo de Paul Cézanne no Museu D'Orsay...

E daí, querido trovador, fizestes uma estorinha de sua imaginação... E eu digo que eles estavam jogando biriba, enqto estavam sendo pintados...

Grande abraço!

Eu estava com o meu hot suspenso, e depois de ter provado que eu não era spam, ele foi liberado...

IDERVAL TENÓRIO disse...

IDERVAL TENÓRIO disse...
Querido Guru Jorge, como digo desde criança no Salesiano, a cultura é A base de um povo. Voltei à minha infÂncia ao me deparar com esta arte do Paul Cézanne. Numa aula de artes, o Padre italiano Higino Moratelli que era o Diretor e excelente teatrólogo e grade mecenas, solicitou algumas obras de artistas da transição do século XIX para o século XX e cada estudante levava uma cópia. Na sala da minha casa existia um grande quadro.Um Natureza Morta de um tal de Paul, na minha pesq.da Delta Larousse estava lá- Paul Cézanne e fiz uma cópia do quadro, desenhei a natureza morta daquele artista numa cartolina e assinei por: Paul Cézanne,a obra era propriedade de outro,era obrigatório informar o nome do gênio e não assinar a obra,pois era uma cópia.Veja a ética salesiana para as crianças da minha época,grande escola,não se faz mais escola com este perfil, então amigo velho Guru,o mestre bateu em cheio.
Neste quadro entendo que seja uma grande mensagem para a vida,a vida é um jogo,a vida é uma incógnita,não se sabe o outro lado, quando se imagina que tudo foi resolvido ,surge novidades:três valetes e dois noves,três DAMAS E DOIS VALETES, num poker é uma roubada e na vida real uma lástima.Legal a sua explanação de poucas palavras ,mas que disse muito. Falou pouco e disse tudo.Um abraço.Iderval Rgeinaldo Tenório http://www.iderval.blogspot.com

5 de junho de 2012 15:29

lino disse...

Ou estavam a jogar com dois baralhos, a canasta, por exemplo.
Um abraço

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Sucintamente, meu caro amigo Jorge mostra porque dá as cartas nas letras. Muito bom, parabéns.

Caio Martins disse...

Fora o que estava na manga...
Abração, Jorge!

Maria Barros disse...

Já tive o prazer em ler esse conto no PEAPAZ e deixo aqui mais ou menos o que deixei por lá...Que o jogo é sujo, roubado tá na cara, mas também já sabemos que isso já é normal! Essa gente não perde, há sempre as cartas escondidas na manga e a gente só engolindo, só engolindo e pagando,pagando....Bom, o resto todo mundo já sabe! Jorge, espetacular o seu texto direto e bem claro! Parabéns mais uma vez! Um tiro certeiro! Abração

Mary disse...

Jogo roubado, o maior dos blefe.
Parabéns pelo blog.
Bjs

Anderson Fabiano disse...

E eu, um four de valetes. Todos de ouros!

Só você mesmo, parceirinho... Um primor.

Meu carinho (e blefe)

Anderson Fabiano

PS: Mas, cá entre nós: foi roubado! rssss

Maria Luzia Fronteira disse...

Ah Jorge uma ode à batota no jogo das cartas tão tradicional nos 4 cantos do mundo...gostei...
Sinceramente é um jogo que não me seduz mas tenho gente na família e não só que vive intensamente uma boa partida de cartas... rsrsrs
A imagem que vc adicionou tá um must.
Um abraço
Manuela

Mardilê Friedrich Fabre disse...

Pois é, nada entendo de jogo de cartas, se dizes que o jogo é roubado, eu creio. E a imagem que ilustra este texto é perfeita. Abrs

Dolce Vita disse...

Perfeita síntese. Bjs

marcia disse...

Sempre existe uma carta na manga....Ótimo!!.......bjus